18 April, 2021

Minha Casa Minha Vida: Como fica o pagamento das prestações na pandemia?

Com a chegada do Coronavírus, o mundo não estava preparado e muito menos o Brasil. Milhares de brasileiros perderam o emprego, tiveram sua renda mensal reduzida e ficaram com dificuldades para arcar com as contas e colocar comida na mesa. Ainda mais em um país que conta com centenas de famílias pobres com rendas variadas que vão de R$100 a R$2 mil por mês.

Publicidade

As famílias contempladas com a casa própria através do Minha Casa Minha Vida, por exemplo, participam da faixa 1 do programa e são as mais necessitadas. Mesmo com uma prestação que normalmente cabe no orçamento da família, com a pandemia o pagamento das mensalidades não foi mais possível.

Vamos entender, a seguir, como fica o pagamento das prestações do Minha Casa Minha Vida na pandemia. Confira!

Publicidade

Luziânia-GO. 14/03/2016. Foto: Bruno Peres/Min. Cidades. Unidades habitacionais do Parque Jardim São Paulo, entregues pelo programa Minha Casa Minha Vida.

Novo projeto de lei suspende o pagamento das prestações do MCMV

Em julho desse ano foi aprovado o projeto de lei 795/20 dos deputados Professor Israel Batista e Helder Salomão que prevê a suspensão dos pagamentos das mensalidades dos financiamentos realizados através do Minha Casa Minha Vida. Essa suspensão está prevista para durar 180 dias por causa das dificuldades financeiras que muitas famílias estão passando por causa da pandemia.

Isso significa que, por 180 dias, os beneficiários do programa não precisarão se preocupar com o pagamento das mensalidades do seu financiamento imobiliário. Esses 180 dias equivalem a 6 meses e o prazo vai até o mês de dezembro. Espera-se que, quando atingir esse prazo, ele seja ampliado dependendo da situação das famílias brasileiras.

Caso a situação ainda seja considerada crítica, há grandes chances que esse prazo seja ampliado para continuar auxiliando as famílias mais necessitadas.

Quem não vai precisar pagar as prestações do MCMV

De acordo com o projeto de lei, a suspensão do pagamento das mensalidades é válida para os beneficiários da faixa 1 do Minha Casa Minha Vida, ou seja, para as famílias com renda familiar mensal de até R$1,8 mil, que tenham usado recursos do Fundo de Arrendamento Residencial ou do Fundo de Desenvolvimento Social para o financiamento.

Vale lembrar ainda que a suspensão começou a valer a partir da data de publicação da lei. Por isso, se a sua família financiou um imóvel pelo programa e não teve como pagar as prestações nos últimos meses, não se preocupe, provavelmente não está com dívidas e não corre o risco de perder o imóvel.

Quando será realizado o pagamento das prestações

Uma grande dúvida das famílias que já sabiam dessa suspensão é como vão realizar o pagamento dessas parcelas, se elas serão “perdoadas” ou se serão adicionadas às prestações restantes no formato de juros.

De acordo com o governo, as famílias pagarão essas parcelas depois do prazo final do financiamento. Isso significa que, quando a suspensão acabar, a família voltará a pagar as prestações normalmente. Aquelas que ficaram para trás, serão adicionadas no final do financiamento. Um exemplo: se o prazo final do seu financiamento é para

maio de 2028 e a sua família não pagou 6 prestações durante a pandemia, terá que pagá-las até novembro de 2028 para quitar tudo.

Benefícios dessa suspensão

Essa suspensão é muito benéfica para as famílias que são contempladas pelo Minha Casa Minha Vida e realizam o sonho da casa própria. Nesse período, os chefes da família podem ter sido demitidos ou ainda terem o salário reduzido junto com a carga horária, por isso acaba ficando mais difícil manter em dia todos os pagamentos.

Pensando nisso, essa suspensão veio em um ótimo momento, ainda mais porque não terá acréscimo de juros e as parcelas poderão ser pagas somente depois do fim do financiamento. Com a suspensão, as famílias podem ficar mais sossegadas e investir o dinheiro no que é mais importante no momento: pagar água e luz, gás e colocar comida na mesa.

As famílias também não precisam se preocupar com o fato de estarem com dívidas ou correndo o risco de perder o imóvel, pois isso não acontece. Como a Caixa suspendeu o pagamento, não há a criação de dívidas e o banco também não vai tirar o seu imóvel.

Como conferir a suspensão das parcelas

Os beneficiários da faixa 1 que estão financiando um imóvel do programa pela Caixa, podem acessar o próprio aplicativo do banco “Caixa Habilitação” para conferir a situação dos pagamentos e como anda a suspensão.

É através desse aplicativo que todos os meses conseguem imprimir o boleto da mensalidade. Agora, provavelmente constará no aplicativo que o próximo pagamento deverá ser realizado em janeiro de 2021. Você pode fazer o download em seu celular e acessar para dar uma conferida.

Além disso, fique de olho, pois até o fim do mês a Caixa pode anunciar a ampliação desse prazo de suspensão até o próximo ano.

Financiamento de imóveis Minha Casa Minha Vida

O financiamento de imóveis através do Minha Casa Minha Vida é uma das formas mais acessíveis para se obter a casa própria nos dias atuais. As famílias que se encaixam na faixa 1, com uma renda mensal de até R$1,8 mil, podem realizar o pagamento em até 120 meses e as parcelas não costumam ser maiores do que R$300,00 para não comprometer a renda.

Além disso, podem contar com outros serviços da Caixa para mobiliar a casa e deixa-la do jeitinho que você sempre sonhou. Quem ainda não conseguiu financiar pelo programa, vai ter que esperar mais um pouco, isso porque durante esse ano de 2020 o Minha Casa Minha Vida ficou totalmente paralisado, sem realizar novas contratações de empreendimentos.

A expectativa é de que a partir de 2021 novas famílias possam ser beneficiadas através da iniciativa. O governo anunciou ainda que para o próximo ano, o programa voltará como Casa Verde e Amarela, com diversas mudanças para beneficiar ainda mais as famílias necessitadas.

Se você quer financiar um imóvel no ano que vem, fique de olho nas novidades que o governo está preparando através do Casa Verde e Amarela, com certeza você poderá participar.

Publicidade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *