6 December, 2022

Prouni 2020

O ProUni – Programa Universidade para Todos – é um programa criado pelo governo federal brasileiro há muitos anos e tem o intuito de oferecer bolsas de estudo para a graduação em todo o país. O programa é voltado principalmente para jovens sem nível superior que desejam estudar em uma instituição privada de ensino e não possuem condições de arcar com o valor integral da mensalidade. Sendo assim, é um programa que visa ampliar o acesso da população ao ensino privado e de qualidade.

ANÚNCIOS

Ele é realizado todos os anos e já permitiu que muitos jovens conseguissem estudar, e se você também está prestes a ingressar em uma instituição privada, precisa conhecer o programa e tudo que ele oferece.

O ProUni é recheado de requisitos e regras, por isso é fundamental estar a par de todos os detalhes para não deixar de lado nenhuma informação importante. Saiba tudo sobre o ProUni 2019 a seguir!

ANÚNCIOS

Como funciona o ProUni

O ProUni é um programa que abre suas inscrições duas vezes por ano, levando em conta a nota que os candidatos obtiveram no último ENEM. Além disso, a seleção também leva em conta os cursos desejados e a renda familiar de cada inscrito. Pelo programa é possível concorrer a bolsas de estudo parciais e integrais válidas para todo o curso e, a bolsa que o candidato vai receber, depende da sua renda.

As inscrições dos interessados são feitas em uma única etapa e são gratuitas. É possível se inscrever para duas opções de curso em ordem de preferência, assim como acompanhar as notas de corte pelo site. Tudo é feito online e os candidatos também podem mudar os cursos selecionados até o último dia de inscrição.

Quem pode participar do ProUni

Para poder se inscrever no ProUni é preciso atender a vários requisitos importantes. O programa visa beneficiar principalmente candidatos de baixa renda, por isso para se inscrever, o jovem deve fazer parte de uma família de baixa renda e comprovar isso mediante comprovantes de renda e tendo um cadastro no CadÚnico do governo federal.

No entanto, isso não é tudo. Para concorrer às bolsas também é necessário se enquadrar em um dos seguintes requisitos: ter feito todo o ensino médio em escola pública ou em escola privada com bolsa integral, possuir alguma deficiência ou ser professor da rede pública de ensino. É exigido ainda que os participantes tenham atingido a nota mínima de 450 pontos em cada uma das áreas de conhecimento da prova do ENEM e que não tenham zerado a redação.

Voltando ao assunto de baixa renda citado anteriormente, cada candidato precisa ter uma determinada renda para poder ganhar uma bolsa do programa, como falaremos a seguir.

Tipos de bolsas do ProUni

O ProUni oferece bolsas parciais – de 50% – e bolsas integrais – de 100% – para cursos de graduação, sendo elas válidas para todo o curso. Para poder ganhar uma bolsa de 100%, o candidato deve ter uma renda familiar menor do que 1,5 salário mínimo. Se a renda familiar for superior que isso, mas inferior a 3 salários mínimos, é possível conseguir uma bolsa parcial, de 50%.

O ProUni permite ainda que aqueles que recebam uma bolsa de 50% possam contratar o FIES para arcar com a outra metade das mensalidades. Nesse caso, é preciso também participar de todo o processo seletivo para o FIES.

Como se inscrever no ProUni

Para se inscrever no ProUni você deve se certificar de que atende a todos os requisitos. O programa possui um período de inscrição, geralmente no início de cada semestre e dura menos de uma semana. Você deve acessar o site e se inscrever em uma etapa única, informando o seu número de inscrição do ENEM e a senha. Você só precisará responder um questionário sobre sua situação socioeconômico e já será capaz de selecionar os cursos de sua preferência.

É muito importante ficar de olho no site do ProUni para ter acesso ao edital e saber quando o período de se inscrever abrir.

Notas de Corte ProUni

Diariamente, os candidatos podem acessar o portal do ProUni para conferir as notas de corte atualizadas para os cursos que selecionaram. A nota de corte nada mais é do que a nota do último candidato que foi aprovado naquele curso, em um processo seletivo anterior. Para chegar a essa nota, é levada em consideração a quantidade de inscritos para o curso e a nota de cada um, por isso que a nota pode ir aumentando ao longo dos dias.

Com a nota de corte, os candidatos podem ter uma noção de qual é a nota mínima para garantir a vaga, por isso muitos acabam trocando de curso ou estudando mais para uma próxima oportunidade. A nota de corte é atualizada no sistema até o último dia de inscrição, mas você não deve se desanimar totalmente, pois o ProUni também possui a lista de espera.

Resultados do ProUni 2019

Os resultados do ProUni 2019 são divulgados na semana seguinte ao encerramento das inscrições. Os candidatos são selecionados em ordem decrescente, do maior ao menor, até que todas as oportunidades sejam preenchidas. Quem não é selecionado, pode se inscrever na lista de espera, que também possui um prazo de participação.

Após a primeira chamada, é realizado o período de matrícula e, então, ocorre a segunda chamada. Depois disso, é aberto o período da lista de espera e, se ainda houver vagas que não foram preenchidas, aqueles inscritos da lista são convocados. É importante destacar que somente terá chances às vagas remanescentes aqueles que se inscreverem na lista de espera e que comparecem na universidade para a chamada oral. No dia, é preciso assinar uma chamada e, de acordo com essa ordem, são convocados os estudantes.

Você deve ficar de olho pois, mesmo se não for chamado, ainda pode restar alguma chance. A universidade irá avaliar todos os documentos e os requisitos e, caso algum estudante não os cumpra, dará a vaga para o próximo da lista. Inscreva-se no ProUni 2019 e concorra a uma bolsa de estudos.

ANÚNCIOS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *